terça-feira, 11 de março de 2014

Balanço Inverno 2015

Ok. As principais semanas de moda já terminaram. Mas vale muito a pena comentar sobre elas. Sou apaixonada por desfiles. Gosto muito. Sim, eu fui um pouco influenciada, já que foi meu primo que começou assistindo desfiles em 2007, desde em tão venho adquirindo o hábito de acompanhar as novas tendencias e a criatividade que os estilistas colocam na passarela. A temporada de desfiles no Brasil acontecerão em datas diferentes esse ano devido o calendário da copa. Todos os desfiles que aconteceram nas ultimas semanas foram da coleção de Inverno, e no final do mês de março começa o SPFW, com o verão de 2015. Prometo ser mais especifica, se tratando dessa temporada. E se você está pensando: nossa ela vai falar de tudo o que aconteceu de tudo o que aconteceu nas quatro semanas de moda? Não, porque é impossível falar de tanta coisa linda que apareceu por lá em um único post, porem, serei bem especifica e mostrar o que vai ser tendencia e os melhores desfiles (na minha opinião).

Mercedes-Benz Fashion Week (Nova York)
Com inicio no dia 06 de fevereiro e término no dia 13, é o mais comercial. De forma variada, mantém um equilíbrio de metas; se por um lado há grifes como Michael Kors, que fazem ótimas apresentações de itens que devem sumir tão logo chegarem às lojas, há também a geração de Altuzarra, Alex Wang e Proenza Schouler, que trabalha a evolução da moda como estilo e imagem, fazendo uma intersecção entre a vanguarda e o sportswear.
De um lado uma mulher mais feminina, buscando um glamour antigo, com uma pitada da alfaiataria masculina; do outro mais moderna e esportiva. 
Para ficar de olho em outras tendências: cores fortes, old glamour, fendas, grandes golas e motivos gráficos

Hugo Boss, 3.1 Phillip Lim e Jason Wu

Donna Karan, Marc Jacobs e Calvin Klein Collection

Phillip Lim, Rodarte e Alexander Wang

Londres
Foi a semana que eu acompanhei "parcialmente", mas uma das que mais gostei. E vou contar porque. As blogueiras Camila Coutinho e Vic Ceridono  fizeram a segunda temporada do seu reality, onde elas contaram um pouco da rotina e dos desfiles. No blog delas (o nome delas te direciona ao blog), tem os quatro e divertidíssimos episódios. Voltando a semana de moda, a beleza foi bem natural, devido a quantidade de cores e trabalho nas roupas. Apesar de inverno pedir cores escuras, sóbrias, deu pra ver várias roupas coloridas.  E uma coisa interessante é o strret style (moda na rua). Dá pra saber o que vai ser tendencia ou não, e outra, é muito legal observar todas as pessoas rondando a área dos desfiles. Os meus desfiles preferidos foram: Felder Felder, TopShop Unique e Tom Ford.

Christopher Raeburn, J W Anderson, Felder Felder

Vivienne Westwood Red Label, Peter Pilotto, Mattew Williamson


Tom Ford, Burberry Prosum, TopShop Unique

Milão
Logo depois de Londres, é a vez de Milão. Famoso pela costura italiana, marcas conceito como Prada, Gucci, Dolce&Gabbana entre outras estavam na listinha dos mais esperados. Uma peça muito vista tanto no street style quanto nas passarelas foi o casaco de pele colorido. Podendo ser de uma unica cor ou várias. E vamos combinar que semana de moda precisa ousar mesmo. E apesar de Londres ser famoso por ter pessoas mais ousadas, é claro que sempre encontramos nas outras semanas pessoas com esse toque mais "chamativo". Estampa floral, mini jaquetas, e vestidos acinturados foram presença marcada em alguns desfiles. E preciso dizer que foram os melhores desfiles pra mim. Mas o meu preferido foi Moschino <3 Que vou fazer um post mais detalhado depois, meu lado ousado irá falar mais alto.

Gucci, Emporio Armani, Emilio Pucci

Prada, Mochino, Versace

Dsquared2, Giorgio Armani, Dolce&Gabbana

Paris
Dizem que os últimos serão os primeiros né? Olha a temporada de paris está de parabéns. Eu amei vários e vários desfiles.Como sempre, Paris é o ápice da temporada com sua mistura única de novos designers e marcas de luxo consagradas pavimentando o futuro da moda. Lucien Pellat Fiet encheu meus olhos. Anthony Vaccarello é sem dúvida sensual. Parte de baixo e fora, com direito a fenda, e em cima casacos pesados e muitas blusas e tricots de gola alta. Uma explosão de cores e estampas.  Florais metalizados se uniam a estampas psicodélicas e geométricas. Xadrez , bordado e acinturado foram as palavras chaves principais de alguns desfiles. O xadrez casual desfilava na mesma coleção que bordados glamourosos e transparências delicadas. A silhueta levava a cintura bem marcada, com amarrações que pareciam as mangas da própria peça envolvendo a cintura. Couro,Tramas, trançados e plumas criavam uma exuberância em texturas. Nas estampas a presença do “animal print” foi forte, com estampas de zebra e onça. Os looks levavam a cintura marcada através de cintos, que foram usados por cima de casacos e tricots. Mas o meu preferido e chodózinho foi o desfile da Chanel, que vou falar mais detalhadamente depois.

Lucien Pellat Fiet, Pascal Millet, Anthony Vaccarello, Miu Miu

Valentino, Dior, Jean Paul Gautier

John Galliano, Louis Vuitton, Chanel

Então, não foi TUDO o que aconteceu, mas o principal. O que vocês acharam? Qual temporada foi a mais "baphonica"? Queria todas as roupas no meu guarda-roupa, quem quiser presentear aceito (risos). 
Beijos, Pâm

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Copyright © 2015 Poneipam | Distributed By My Blogger Themes | Designed By Blokotka