segunda-feira, 23 de novembro de 2015

American Music Alwards 2015

Alô alô, olá olá!
O que falar do mês de novembro que mal começou e já está acabando? Vocês têm noção que já é dia 23? Parece que foi antes de ontem o SPFW, e ontem o casamento do meu primo. PARA ONDE FOI OS DIAS DE NOVEMBRO? Acabou! Isso mesmo amigos. E quem já está dando as caras? O NATAL <3 Tem como não amar? 
Agora eu estou com uns posts bem conversas porque to afim, e porque estou super animada para as férias chegarem. Meu pai já comprou minha passagem para casa e eu não vejo a hora, porque faltam exatamente 20 dias para eu ir pra casa. Dá para acreditar? E quando eu menos esperar já chegou o dia e eu estarei na loucura de guardar toda a minha mudança do ano. Isso porque se você bem se lembra, eu moro em um internato, e todas as férias temos que esvaziar o quarto (preciso dizer que dá preguiça e é bem chato e cansativo). Amo mudanças, mas o sentimento de mudança legal é sair de um lugar e voltar para outro bem diferente e tal, e o sentimento do colégio é que vou voltar para o mesmo lugar. Coisas da vida né mores.
Eu queria muito falar sobre a premiação de ontem, o American Music Alwards. Acompanhei pelo snapchat e instagram e hoje já assisti as apresentações. Foi bem legal. Faz uns bons dois anos que não acompanho as premiações por motivos de que não to tendo tv a cabo/internet de boa qualidade, então está meio complicado. 
Gostei muito da performasse da JLo. Ela cantou um pedacinho de Waiting for Tonight e dançou MUITO algumas das músicas que estão bombando no momento. Achei s e n s a c i o n a l !! E terminou com Bitch better have my money, então, o que podemos dizer? Nada. Dei muita risada, poque ela conseguiu interpretar todos os gêneros, até Ed Sheeran ela dançou. Vale super a pena ver.
Sobre Ariana Grande, me surpreendi e gostei. Não curti esse sapato branco, mas pelo menos era alto. A apresentação foi muito boa. A cara dela mesmo. Ela subindo e descendo as escadas rapidamente foi impagável, porque assim, pra você que ainda não viu, ela começou a apresentação bem sexy, e desceu de uma forma não sexy, e voltou para o palco com aquele certo cuidado que temos quando estamos com um salto alto e não queremos cair sabe? Mas fora isso a apresentação foi bem legal. E ela mudou o cabelo né. Merece aplausos e que continue assim. Não aguentava mais aquele cabelo dela de sempre. 
Eu até iria colocar uma foto da apresentação da Demi, mas achei essa montagem apenas perfeita. Ri muito mesmo. E cara, faz todo sentido. Assim, eu estou na vibe Joe Jonas porque estou apenas apaixonada pela nova música da nova banda dele, Cake by the Ocean, e essa nova fase dele está apenas muito bonita. Sorry. Agora Demi. Não curti o cabelo dela curto, e esse penteado meio anos 20, não deu muito certo. De acordo com o Hugo Gloss (quem não acompanha os snps dele pf?), a apresentação dela estava muito If I were a boy da Beyonce. E realmente viu. Mas tirando isso, foi bem boa até. Ela cantou Confidence, que particularmente, eu achei a música bem legal. Pontos positivos para Demi, que também se apresentou com a Alanis Morissette.

A apresentação do Justin foi muito boa, e teve direito até a água no palco. Como eu já cansei das músicas dele (todo mundo só escuta as mesmas músicas, assim como as rádios), nem assisti a apresentação até o final. The weekend cantou The Hills e claro, foi sensacional, já que a música em si é muito boa. Coldplay é amor pra vida toda e a apresentação deles foi apenas amor. Não sei falar nada, só sentir (risos). Pentatonix também se apresentaram junto com uma orquestra. Eles interpretaram as trilhas sonoras de Star Wars. Assim, foi muito bom, mas pensei que eles fossem cantar ou fazer uma versão deles. Sei lá. Estava esperando mais. 
Mas pra mim, a melhor apresentação foi com certeza Selena Gomez. Same old love é a música amor do momento e a apresentação dela foi MUITO boa. Figurino muito bom também. Elas  (cantoras) estavam numa vibe dark né?
A propósito, não tive um look preferido do red carpet. As pessoas estavam muito, sei lá, não sei mesmo que palavra usar. Não gostei muito. Então não tem um preferido.
Vocês assistiram? O que acharam?
Mil beijos,
poneipam

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Look do dia: Total White Grafitado

 Alô Alô. Olá Olá. Nesse momento estou esperando minha Orientadora do Projeto Integrador na qual passei boas três semanas lendo muito para escrever um artigo cientifico, e no final deu tudo certo e está pronto, só falta uma última correção, e preciso dizer que o sentimento é apenas libertador (risos).
Sobre o look de hoje, que não é de hoje, sou apenas apaixonada por estas fotos. Agora me digam, o Vinícius está cada vez melhor né? As fotos e a edição estão maravilhosas. Sobre o look, essa saia de renda é apenas divina! Sem dúvidas, as melhores saias a gente encontra na Forever 21. A camisa é a mais amada e mais usada. Linda, confortável e versátil. A melhor descrição de uma roupa né migos? Estava um clima, nem quente nem frio, então o blaser ficou na cintura mesmo. Diferente, mas achei que super combinou. Deu uma quebrada na vibe total white. O sapato? Não sei o que dizer, só sentir. Tão lindo que dá até pra morrer (nem tanto assim, mas ok rs). Espero que vocês tenham gostado. 
Mil beijos,
poneipam

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Oi da Blogueira: Something cute

Que saudade de escrever coisas aleatórias. Estou escrevendo tanto para o meu artigo (confesso que no momento estou enrolando para não escrever), mas ao mesmo tempo estou me divertindo muito. O meu assunto está super legal. A ideia inicial era falar sobre a relação do fato social de Émile Durkheim com a moda. Mas ai eu precisava de acervo das revistas de moda (que não tem disponível na internet e na faculdade do Unasp não tem né amiguinhos...) e como não consegui, precisei mudar meu tema (lágrimas caem dos meus olhos neste momento). E o que escolhi? Fazer uma análise do filme O Grande Hotel Budapeste. PRECISA TEMA MELHOR? <3
Depois que já estiver pronto irei comentar melhor sobre o filme aqui, e também sobre o antigo tema. Vocês vão amar. Sério. Eu já gostava de cinema, quadrinhos e fotografia, mas depois deste artigo, estou amando muito mais. Só quero mais tempo para ler todos os livros. 
Assisti um seriado maravilhoso. São apenas dois episódios de duas horas e pouco, e claro, quando terminou o primeiro quase chorei porque queria que durasse eternamente, assim como Grey's <3. O nome é Uma Cinderella em Roma. Adicionaram recentemente no netflix e vocês PRECISAM assistir. É tão lindo. Tudo. A história, a trilha sonora, os personagens, o figurino. Literalmente tudo é lindo. Não vejo a hora de chegar em casa e assistir com a  minha mãe, já tenho certeza que ela vai amar. 
No momento atual, estou ouvindo música de natal e esperando ansiosa. Meu sonho é passar um natal no inverno (lê-se: todos os natais). Queria que todos aqueles filmes natalinos virassem realidade na minha vida. É tão lindo e fotogênico. Cheio de biscoitos, chocolates quente, cobertas, lareiras... e por ai vai. Fico namorando as imagens na internet e sonhando: quando será minha vez? (o mesmo sentimento vale para quando assisto  Victoria's Secrets Fashion Show)
Acho que meu momento inspiração aleatório acabou. Fique com a imagem do unicórnio bonito com arco-íris. 
Beijos de luz
poneipam

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Look do dia: Girlie Rock

Todos os dias sinto saudade do SPFW. E sempre que ele passa eu já começo a pensar em looks para usar no próximo. Quando vi esse vestido, apenas me apaixonei. Ele é totalmente lindo. Não sou MUITO fã de floral, mas usei em dois momentos nesta semana (#aloka). Coloquei esta jaqueta de couro que eu acho super anos 80 por causa das ombreiras e por ser toda grandona e ao mesmo tempo pequena. Fiquei meio em dúvida qual sapato iria completar o look, e escolhi esse bem pesado para combinar com a jaqueta para tirar a cara girlie e romântica que o vestido trás. O dia foi incrível e os desfiles melhores ainda. Prometo todos os dias para mim mesma que em algum momento farei um apanhado geral sobre as referências mais marcantes que a temporada trouxe. Eu só preciso organizar certas coisas na vida da estudante aqui rs. Espero que tenham gostado.
Mil beijos,
poneipam

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Look do dia: Saia rodada + Camisa branca

Acho que umas das coisas que eu mais gosto de fazer na vida é look do dia. (risos) É tão legal. E sem contar que o Vini destrói com as fotos né amigos? Ele se supera cada dia. E sobre este look, eu AMO essa saia. Se eu pudesse usar uma roupa só durante toda a vida, seria esta saia. Essa botinha engana que só. Ela não parece tão alta como é. A camisa branca soltinha e super confortável deixou o look simples e bonito (na minha opinião). Quem não usa preto e branco? Topete é sempre vida e o batom é o mais usado em toda a vida. <3


Mil beijos,
poneipam

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Look do dia: Saia Floral + Cropped

Alô Alô, olá olá. Como está você? Eu estou bem obrigada. O dia está lindo hoje não é mesmo? Diferente do dia que tirei essas fotos. Percebam que não tem luz do sol, mas mesmo assim estou pronta para o frescor do verão (risos). Quando vi essa saia na loja fiquei completamente apaixonada pela estampa, comprimento e pela fenda M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A. Obrigada Vini por ter me dado de presente <3 Estou amando muito esse coquinho no topo da cabeça. Sempre que estou na minha fase revolts com o cabelo cacheado faço chapinha e babyliss e ele fica desse jeito ai, e o topo da cabeça sempre com um coque ou tranças. Vida difícil essa de ter cabelo grande né? Mas todo o trabalho vale a pena. Eu estou passando por um processo de inflamação continua no olho, e por isso estou alone nas fotos com óculos escuro (aka sem rímel e sem delineador). As meninas lindas são a Stefany Soares (que veio do ES passar um lindo final de semana com a gente) e a Larissa Santos (namorada do Vini que já apareceu varias vezes por aqui). Espero que gostem das fotos assim como nós (fotógrafo, eu, amigos).
Mil beijos de luz,
poneipam

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Oi da blogueira: Desvaneios diários

Imagem de city and girl


Hoje assisti um vídeo onde o rapaz falava sobre como está numa fase onde tem preguiça das pessoas. E percebi que estou assim já faz algum tempo. É até engraçado falar isso. Como alguém pode ter preguiça das pessoas sendo que, somos obrigados a lidar com seres humanos diariamente. Ano passado, eu terminava o semestre e a única coisa que eu queria era ficar entocada no quarto, sozinha, assistindo filmes e seriados. Não queria falar com ninguém, conversar com ninguém, sorrir, de certa forma, fugir da realidade. 
No vídeo, ele também fala sobre como as pessoas estão iguais, repetitivas. Já percebeu que as vezes você encontra uma pessoa, e acha algo que ela faz tão legal que resolve fazer aquilo também? Ou que alguém veste uma roupa linda ou tem um estilo legal e você resolve vestir algo igual ou parecido. Acho que comentei que tenho que escrever um artigo cientifico nesse semestre, e quero falar sobre algo nessa vibe. Mas voltando ao assunto principal, de preguiça das pessoas, vocês já sentiram isso?
Eu sou bem estranha. Não gosto muito de abraços, muito contato, e muita melação. Mas ao mesmo tempo gosto. Tem que ter um equilíbrio bem estranho sabe? E as pessoas nunca sabem lidar com isso e comigo. Por isso, a maioria das vezes fico não sei, irritada não é a palavra certa. Quando a gente era criança era bem mais fácil né? Não se importava com nada, só em brincar, comer e dormir. tão mais fácil. Mas esse é o lance da responsabilidade, de crescer, ser independente. Já falei isso aqui, mas depois que vim para o colégio interno, fui obrigada a passar por tudo isso e no final das contas, quero voltar a ser criança e morar com os meus pais.
Depois eu volto, com mais confusão, 
Mil beijos,
poneipam

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Talking to myself


Eu estava conversando com um amigo, e parei pra pensar: a maioria do tempo estou pensando em diálogos que nunca acontecerão ou que poderiam ter acontecido. As vezes penso em situações que NUNCA vão acontecer, mas gosto de pensar e imaginar conversas legais com pessoas que talvez eu nunca vá conhecer. É comum pensarmos que poderíamos ter falado alguma coisa quando o momento já passou. Eu sempre passo por isso. Só agora, depois de dezenove anos, que estou conseguindo agir sob pressão. Pressão no sentido de falar coisas certas nos momentos certos. Eu sempre fico pensando, e nervosa, e com vergonha e não sei mais o que. Ultimamente não estou ficando tão arrependida, mas nem por isso pare de pensar nessas coisas. 
Faz algum tempo que eu criei o costume de observar as pessoas. É engraçado para uma pessoa que enxerga mal até de óculos ficar observando as pessoas. As vezes fico encarando alguém e elas me olham "estranhamente" já que eu fico encarando pra definir quem eu realmente estou olhando. Mas voltando ao foco, observo as pessoas e fico pensando como seria legal se todo mundo conversasse. Como isso não acontece, eu imagino. E torna a vida bem mais legal, tranquila, leve e descontraída. E descobri que não é só eu que passo por isso. Óbvio que não fico inventando diálogos e acontecimentos o tempo todo, mas é legal. Algum dia li em algum lugar que quando você pensa demais você é mais criativo. Espero que isso seja verdade, porque ai eu serei muito beneficiada. Não sei se você se identifica com a minha loucura ou com toda a bagunça que foi esse monte de palavras, mas espero que tenha servido para alguma coisa.
Mil beijos,
poneipam

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Blogs: a nova agência de turismo

Despite what you think, you dont have to be rich to travel. You dont need a lot of money at...:


As férias estão chegando e não há certo ou errado quando o assunto é organizar uma viagem. Há quem organize sozinho, que prefere a segurança e a comodidade das excursões, enquanto muitos são seduzidos pelas boas propostas dos pacotes. A grande maioria das pessoas tem a sensação de que está sendo enganado ou pagando mais quando contrata um serviço em agências de turismo. Na matéria “Férias sem estresse”, da primeira edição de 2015 do jornal Tribunasp, o economista Alberto Pedroso deu dicas de como planejar, economizar e controlar o orçamento para as férias. Esse ponto se aplica na escolha do roteiro de viagem. Quando a pessoa pesquisa passagens ou reservas é provável que encontre promoções e preços mais acessíveis que os valores oferecidos por agências, que por muito tempo foram o principal meio de planejamento. Contudo, essa mudança ocorreu após a expansão e popularização de blogs e sites, onde o público começou a ter mais acesso a informações, diminuindo assim a procura por agências.

A blogueira Larissa Duarte planeja todas as suas viagens sozinha pesquisando em sites e guias turísticos, além de relatar seus achados e indicações, conta que a rede social Instagram pode ser um aliado na descoberta de lugares. “O que eu faço muito, é entrar no Instagram de pessoas que eu curto, às vezes nem é blogueira, é uma pessoas influente, que eu admiro e anoto, vou vendo onde ela foi durante a viagem”, acrescenta. A Associação Brasileira de Blogs de Viagem (ABBV) fez uma pesquisa e 68% dos internautas afirmam que confiam muito nos blogs de viagem como fonte de consulta.


Somado aos blogs, estão os sites que conquistaram o público, além de facilitar o acesso a compras de passagens aéreas, reserva de hotéis e carros. O Kayak é uma empresa de tecnologia voltada a criar ferramentas para simplificar o processo de pesquisas de viagens online. O Country Manager do Kayak no Brasil, Kaio Philipe, explica como é necessário uma plataforma simples para que o usuário consiga suas informações em um clique: “Para aliar a crescente demanda de viajantes, hospedagem, locação de automóveis e ofertas de voos no mundo, idealizamos um ambiente altamente tecnológico que facilita a comparação de ofertas de várias agências de viagens online”, afirma. Com todas as facilidades, o enfermeiro Rafael Geraldo declara que os custos em buscar uma agência de turismo são caros, por isso escolheu organizar sozinho sua viagem para a Argentina. “Eu resolvi por conta própria me informar com alguns amigos, pessoas que já estiveram no país e descobri que fica barato ir de ônibus e me hospedar em hostels”, declara. Comparando as fiversas formas de organizar uma viagem, fica claro que o mais importante para o turista é planejar com antecedência. Dessa forma, sai mais econômico e a probabilidade de ocorrer imprevistos é mínima.

No final do semestre passado, fiz esta matéria para o jornal que produzimos e achei super válido compartilhar com vocês. Antes tarde do que nunca né amigos? 
Mil beijos,
poneipam

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Solidão no meio da Multidão

Yo prometí que no iba a caer, pero tu hueles a flores y yo soy humana,, te veo y vuelvo a respirar.. para luego despertarme y dejar de soñar...  no puedo más!
Faz alguns dias que eu queria escrever sobre isso. Um assunto/sentimento que é sempre discutido (nem sempre), mas é a realidade de muitas pessoas. Ontem comecei a ler o livro Garota Online escrito pela Zoe Sugg, mais conhecida como Zoella e fui me apaixonando cada vez. E lendo o segundo capitulo, decidi que eu escreveria sobre esse meu sentimento: estar sozinha no meio da multidão. Se você conhece o Unasp, vive ou já viveu aqui sabe do que eu estou falando. Você é obrigado a se relacionar com MUITAS pessoas diariamente neste lugar (você querendo ou não). As vezes nós passamos por aquele momento de querer ficar no quarto, sozinha, sem falar com ninguém, sem dar satisfações e nem nada; mas sabe o que acontece? O contrário de tudo isso. Sem contar o fato de que você meio que se torna dependente das pessoas. Isso porque você não quer/pode fazer atividades sozinho. Mas se você não tem um grupo especifico de amigos você fica o que? Sozinho. Criei o blog ano passado, e aqui tem vários posts com fotos e relatos de como eu estava feliz com os meus amigos. Ano passado eu nunca estava sozinha, eu ria todos os dias, me divertia loucamente e pensava como minha vida seria se não tivesse todos eles na minha vida. E adivinhem só? Hoje eu só tenho dois deles. E as vezes nem nos vemos por causa das atividades e trabalhos. Como eu fiquei? Sozinha. Você deve estar pensando agora que eu estou deprimida, chorosa, e pelos cantos. Agora vem a parte contraditória: eu não estou assim. E posso dizer que estou até melhor. O fato de você estar sozinha te faz pensar, refletir e eu estou fazendo muito isso. As vezes fico com raiva, estressada e até decepcionada com pessoas que eu ainda considero muito, mas acontece que eu parei de ligar, de me importar. "Pra que eu vou me importar com uma pessoa que não se importa comigo?" E ai eu ligo pra minha mãe ou para o meu pai, que nem sempre está com tempo e interessado em ouvir minhas lamentações (esse é o meu pai tá?), mas ele sempre escuta e fala alguma coisa engraçada e compreensiva que me faz bem. Já a minha mãe? Ela me entende tão bem! Posso afirmar que nem sempre foi assim, mas este ano de 2015 está sendo o melhor ano das nossas vidas! Eu literalmente não sei o que seria da minha vida sem eles. E viver a dois mil quilômetros de distância deles me fez valorizar estas duas pessoas. Nunca vou esquecer como chorei e solucei enquanto voltava para começar mais um semestre de aulas. Nunca vou esquecer o sentimento de estar presa em uma poltrona de um avião cheio de pessoas, mas sozinha, chorando por ter que viver mais um semestre por minha conta. Sem ter meus pais para me levarem para onde quero e preciso (mas tenho o meu primo e os pais dele que são considerados meus pais também, obrigada), sem a comida da minha mãe, sem assistir programas de esporte na hora do almoço, sem açai e morangos no sábado de manhã, sem reuniões de família nos domingos de manhã (que o meu pai inventou para eu não ir para as reuniões do clube de desbravadores) e sem assistir mais programas de esportes a noite. O fato de eu estar sozinha me fez crescer. Me fez entender que eu não posso e nem preciso ser feliz apenas com pessoas ao meu redor. De acordo com o dicionário, sozinho significa que está só, solitário, abandonado, largado, desamparado, consigo mesmo. Mas para mim, essas características não refletem tristeza, solidão. Eu aprendi a estar sozinha no meio da multidão, e agora que sei viver com isso, a vida esta sendo vivida mais intensamente, os momentos estão sendo valorizados e aproveitados. Gostaria que todos pudessem sentir o sentimento de liberdade e leveza que eu estou sentindo. Por mais que as vezes fique meio pra baixo, sei que eu terei alguém para me ouvir: Deus e meus pais. Eles são os principais. Lembro que há alguns anos só confiava nos meus amigos para contar meus segredos, preocupações e alegrias, e eles nunca reagiam como eu esperava. Agora estes três? Sempre (ou quase sempre) me surpreenderam. É legal e bem divertido. Tente se "conectar" consigo mesmo, é o melhor que você tem a fazer.
Mil beijos,
poneipam

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Amoras pra que te quero


É sexta-feira e eu estou muito feliz. A semana está sendo tão corrida que eu só quero dormir. Semana passada foi a semana das amoras. Fui colher umas duas vezes e comi até não aguentar mais. Essa é uma das vantagens de morar em um lugar como este meus amigos. Já falei que tem vantagens e desvantagens, e essa com certeza é uma das vantagens. Respirar ar puro, observar a natureza, ter uma boa conversa e comer amoras <3
Eu acho que nunca tinha tido semanas tão corridas e cansativas. E infelizmente essa rotina louca ainda continua por mais uma semana. Isso porque estou fazendo aulas teóricas para tirar a habilitação. Amém por isso amigos. Estou bem feliz e apavorada. Pelo o que a instrutora fala, a coisa mais difícil da vida é passar na prova prática. Mas tenho fé em Jesus que vai dar tudo certo.
Estou aproveitando os intervalos para ler (isso quando não estou dormindo) artigos, livros e textos que de certa forma podem somar no conhecimento de alguém. Tive a ideia de começar a compartilhar um pouco das matérias que estou produzindo. Acho que será bem legal.
Não deixem de me seguir nas redes sociais, estou sempre por lá. 
Beijos de luz,
poneipam

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Oi da blogueira: Devaneios

Oi amigos. Essa semana fiquei com um orgulho (leia a palavra no diminutivo) por que postei quase que diariamente. Ontem participei de uma feira de profissões em Sorocaba-SP e foi super legal. Quando fiz o terceiro ano do Ensino Médio não tive a oportunidade de participar de feiras e saber mais sobre os cursos. E sem dúvidas, os cursos de comunicação são os melhores do mundo. É tão maravilhoso, mágico e interativo. Quando cheguei no colégio estava bem casada, li alguns capítulos de um livro e dormi. A noite tive aula e festa surpresa de duas amigas. Foi bem corrido, mas bem legal. 
Hoje o dia não está muito diferente, e mais uma vez está totalmente corrido e meio triste. Não sei por que, mas estou meio aérea. O que é novidade para mim, se dá para acreditar. E nesses momentos sinto muita saudade de casa.É engraçado como no colégio interno existem mil pessoas ao seu redor mas você está sozinha. Está todo mundo envolvido com a sua vida que não se preocupa com a pessoa que está do lado. E eu acho isso cruel. Me pergunto se eu sou assim, e não adianta eu ajudar ou me importar, porque as pessoas não valorizam e as vezes até desprezam. Quando o mundo ficou dessa forma? Quando as pessoas viraram tão frias? São coisas que me perguntam, e que de certa forma me fazem crescer. Crescer no sentido de que amadureço, aprendo com as atitudes, tenho tempo para me conhecer e analisar a forma como vivo, penso e imagino as coisas. Tão confuso, mas tão certo. 
Vou parar por aqui, e em breve volto com mais loucuras, conversas confusas e fotos estranhas. 
Mil beijos,
poneipam

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Ensaio Fotográfico - Thairine Garcia

Thairine Garcia seria uma adolescente normal de 17 anos se não fosse alta, maravilhosa e com um talento incrível. Desde seus 13 anos, quando começou sua carreira, não parou mais. E sério, ela é um fenômeno. Tive o imenso prazer de conhecer a moça no início da carreira e pessoalmente na última edição do SPFW. Super humilde, simpática e sério, não existem qualidades demais para defini-la. Estava olhando os arquivos do meu computador este final de semana e encontrei essas fotos de um ensaio que ela fez em NY em 2012. Apenas sensacional, certo? Hoje ela esta com o cabelo ruivo/castanho e não mais platinada (meu sonho de consumo kk).
Mil beijos,
poneipam

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Look do dia: Couro resplandecente

Apenas hoje vi que não tinha postado esse look. Foi tirado a bastante tempo em uma pracinha na cidade de Artur Nogueira próximo da fazenda UNASP na qual moro/estudo. Uma camisa preta bem grande e folgada com um tecido maravilhosamente confortável, saia de couro dourada que eu acho que já apareceu por aqui alguma outra vez, e esse sapato vermelho mara. Detalhe para os patos ali no fundo. Como está sendo as férias de vocês? Estão aproveitando? A coisa que eu mais faço é dormir, e não estou comendo muito, o que é comum nas férias né? Mas abusei demais no semestre que passou, preciso dar um descanso para o meu pobre corpo. O que vocês gostariam de ver por aqui? É clichê perguntar, mas é sempre bom saber. Vai que né? (risos). 
 Mil beijos,
poneipam

domingo, 16 de agosto de 2015

Aposte nos tricôs

Estamos na estação mais fria do ano e basta a temperatura cair um pouco para que as peças em tricô voltem a ser destaque nas vitrines e arraras. Quando começou a ser produzido por volta do século XVII, ele era entrelaçado com fios de lã ou micro fibra, mas a tecnologia está a todo vapor e já criou novas maneiras de produzir o tricô. Por isso ele não é mais coisa de vovó. Agora ele compõe o guarda roupa com novos cortes e texturas. Confortáveis  e quentinhos, os conjuntos de tricôs sobrepostos tiram as malhas do lugar-comum. 
Alguns tricôs possuem aplicação de brilho com paetês ou com tecido metálico que cria um visual mais sofisticado, indicado para festas e eventos, podendo ser usado com salto e não fica cafona. Hit de street style, combinam tanto com looks formais quanto informais, podendo ser usadas com jeans, legging, minissaias e até com shortinhos, combinados com meia-calça. 
Com novas tecnologias que permitem modelagens e padrões modernos, a trama entra no guarda-roupa jovem e permite composições sexy e descoladas no inverno. Vocês usam? 

Mil beijos,
poneipam

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Fashion: Versace Outono/Inverno 2016

Ainda no clima floral, como não falar do desfile da Versace nesta ultima temporada de inverno? Haute Couture sempre me encanta muito, e com esta coleção não foi diferente. A trilha sonora é linda. Escuto diariamente desde que assisti. A passarela estava com 45 mil orquídeas e deu uma suavidade. Foi uma composição perfeita. O estilo meio anos 70, as vezes com uma pegada de festival de músicas, as vezes com uma pegada de discoteca. O lado sexy fica por conta das bases de corset, barbatana e tule que sustentam essa fluidez, acinturam e marcam o corpo - é delas que saem os babados e as plumas. Sem contar que as coroas de flores e os sapatos em forma de plataforma deram uma harmonia. Tudo se completou perfeitamente.
O que vocês acharam? Por favor, escutem a trilha sonora desse desfile. Tenho certeza que vocês vão se apaixonar assim como eu.
Copyright © 2015 Poneipam | Distributed By My Blogger Themes | Designed By Blokotka